fainor

CONQUISTA | CDL sugere funcionamento facultativo do comércio


A Câmara de Dirigentes Lojistas de Vitória da Conquista (CDL) distribuiu nota, nesta quinta-feira, 26, solicitando a reabertura imediata do comércio varejista e atacadista na cidade.


A entidade chega a sugerir o funcionamento facultativo fo comércio como forma de minimizar eventuais prejuízos e evitar demissões.

"Caso algum comerciante não reconheça o momento como propício ou seguro para abrir as portas, ele pode optar por não abrir ou abrir parcialmente o seu
estabelecimento. Ficando a decisão a critério do empresário".

 A nota foi emitida em conjunto com a Associação Comercial e Industrial de Vitória da Conquista (ACIVIC).

No documento, as duas entidades citam como argumento o comunicado da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que trata dos desdobramentos da crise da pandemia pelo Coronavírus no comércio brasileiro. A CACB concorda que entidades empresariais "precisam trabalhar pela reabertura do comércio, mas com cautela e respeito à vida das pessoas".

No início desta noite o prefeito Herzem Gusmão (MDB) revogou parte do Decreto Municipal 20.202 que determinou o fechamento temporário do comércio local até o próximo dia 29.

Ele ampliou o número de estabelecimentos liberados a funcionar, mas manteve a proibição a lojas do comércio, bares e restaurantes.

O primeiro decreto contou
com o apoio da maioria dos lojistas. Antes da publicação do novo decreto, nesta quinta, a CDL havia realizado enquete, no dia anterior, com os associados da
entidade. O resultado foi que 54% discordavam da prorrogação do decreto, enquanto que 46% dos associados foram favoráveis à prorrogação. A Prefeitura ainda não se manifestou a respeito do pedido da CDL.

Postar um comentário

0 Comentários