PREVISÃO DO TEMPO

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Faculdades Santo Agostinho inauguram novo Centro EAD

Resultado de imagem para Faculdades Santo Agostinho
As Faculdades Santo Agostinho chegaram em Vitória da Conquista em novembro de 2014, trazendo para a cidade não só a possibilidade da realização de sonhos, por meio da oferta de cursos como medicina, direito, engenharia e  arquitetura, mas, também a importante iniciativa de viabilizar ensino superior de qualidade fora do eixo da capital do Estado, agregando crescimento ao pólo educacional que tem se tornado o município. 

Recentemente as Faculdades Santo Agostinho receberam o credenciamento EAD, junto ao Ministério da Educação, e hoje inaugura o novo Centro de Educação a Distância (EAD) da instituição. Com este credenciamento as FASA pretendem se tornar um polinizador de cursos na modalidade EAD o que representa um investimento constante das FASA em inovação com um alinhamento sobre a realidade de educação a distância no país.

Cursos ofertados 

Dentre os cursos EAD de Graduação já autorizados pelo MEC estão: História, Geografia, Letras, Português, Matemática e Gestão Comercial. Estão previstos para 2018 os cursos de Administração, Pedagogia, Ciências Contábeis e Gestão em Recursos Humanos. 
Além disso, serão fornecidos mais de 100 cursos de pós-graduação EAD nas áreas de Direito, Gestão, Educação, Social e Ambiental. Atualmente, as Faculdades Santo Agostinho são destaque em Ensino Superior nos estados da Bahia e Minas Gerais. São ofertados 28 cursos- 16 em Montes Claros, 8 em Sete Lagoas (MG) e 4 em Vitória da Conquista (BA).

História - As Faculdades Santo Agostinho (FASA) têm 12 anos de existência em Minas Gerais. No último conceito divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), numa escala que vai de 0 a 5, a instituição recebeu nota 4, sendo considerada Excelência de Ensino. O resultado é alcançado através das avaliações de estrutura física, corpo docente e nota no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). (Ascom)

MAIQUINIQUE: JUSTIÇA DETERMINA QUEBRA DE SIGILO BANCÁRIO DA PREFEITURA

Resultado de imagem para prefeitura de maiquinique

Em uma decisão, publicada no Diário da Justiça desta terça-feira (05), a juíza de Direito da comarca de Macarani, Giselle de Fátima Cunha Guimarães Ribeiro, determinou a quebra de sigilo bancário das contas correntes do município de Maiquinique,  sudoeste da Bahia.

A decisão segue dentro do rito do processo da Ação Popular proposta em 2016, na gestão da ex-gestora Maria Aparecida Lacerda Campos (foto), que, conforme fundamenta a juíza, “deixou os servidores sem receber seus salários, quando não venceu a eleição”.

Resultado de imagem para prefeita de maiquinique Maria Aparecida

De acordo a decisão da magistrada, a quebra de sigilo bancário foi necessária, ante o “sumiço” de boa parte dos R$ 2.710.563,20 (dois milhões, setecentos e dez reais, quinhentos e sessenta e três reais e vinte centavos), arrecadados pelo município no mês de dezembro de 2016.

Pontua a magistrada que, “Deve ser investigado o paradeiro do dinheiro público depositado nas contas do Município, principalmente no mês de Dezembro de 2016, valor relevante”. A Juíza diz ainda que “É dever do juízo, ante os indícios relevantes de desvio de dinheiro público, saber a destinação dos recursos públicos que foram repassados para as contas do Município de metade do mês de novembro e dezembro”.

Nesse sentido, a Juíza determinou, ao Banco do Brasil e Banco do Bradesco que “envie os extratos de todas as contas-correntes do município de Maiquinique, nos meses de Novembro e Dezembro de 2016 e Janeiro de 2017, devendo ser especificado pelos bancos o CPF e CNPJ dos destinatários das transferências ou descontos de cheque, ou seja, os bancos deverão fornecer toda informação que estiver ao seu alcance e que possa auxiliar o juízo no rastreio dos destinatários do dinheiro público”. 

Em 2015 o Tribunal de Contas dos Municípios opinou pela rejeição das contas da prefeitura de Maiquinique, na gestão de Maria Aparecida, relativas ao exercício de 2014, em razão da existência de inconsistências contábeis nos relatórios apresentados, reincidência na extrapolação do limite de gastos com pessoal e não adoção de medidas para redução dessas despesas. A gestora foi multada em R$ 2 mil pelas irregularidades apuradas no relatório e em R$ 36 mil, equivalente a 30% dos seus subsídios anuais, por não ter reduzido o percentual das despesas com pessoal na forma e prazo estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. No 3º quadrimestre de 2012, a prefeitura ultrapassou o limite de 54% definido na LRF, aplicando 59,37% da receita corrente líquida em despesa com pessoal. Desta forma, o município deveria eliminar pelo menos 1/3 do percentual excedente no 2º quadrimestre de 2013 e o restante (2/3) no 1º quadrimestre de 2014, o que não foi feito. Os gastos apurados no 1º quadrimestre de 2014 alcançaram o montante de R$ 9.763.532,82, correspondendo a 63,62% da receita corrente líquida de R$ 15.345.634,94. Ao final do exercício, essas despesas representaram 66,50%, extrapolando, mais uma vez, o índice máximo de 54%.

(Políticos Sul da Bahia)

Suposta professora da UESB encena como colocar camisinha em pênis artificial; instituição diz que apura o fato - QUAL A SUA OPINIÃO?



Um vídeo compartilhado nas redes sociais que mostra uma suposta professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) ensinando alunos a como inserirem uma camisinha usando apenas a boca, em um penis artificial, segurado por um aluno, viralizou nas redes sociais e vem causando polêmica. A direção da instituição informou que apura os fatos, assim como a veracidade do vídeo.
Como o símbolo da instituição é semelhante ao da Universidade Federal da Paraíba, muito se comentou que o caso teria acontecido no Campus I, em João Pessoa, fato que foi desmentido, ainda na tarde desta quarta-feira (06)
 Os comentários são divididos.
Uma parte, mais tradicional, acredita que aquele tipo de ensinamento não é o mais correto para um professor repassar, sobretudo da maneira como a suposta professora realizou toda a encenação. Ela coloca o preservativo na boca, se agacha e depois veste todo o brinquedo erótico usando apenas a boca, enquanto um jovem segura o objeto artificial.
Já outros consideram que toda forma de ensinamento sobre como se prevenir com preservativos é válida.
Ainda não se sabe se quando o vídeo foi gravado.
Viralizou: suposta professora universitária encena como colocar camisinha em pênis artificial

VEJA O VÍDEO:

DESTAQUE

Cidade mais pobre do país fica na Bahia; veja top 10 dos mais ricos e pobres

Ficou na Bahia, mais especificamente no Nordeste do estado, o título de cidade mais pobre do Brasil. A ‘conquista’ é de um município que,...

AS 5 + LIDAS