PREVISÃO DO TEMPO

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Gabarito do concurso da Ufba é divulgado; Mais de 72 mil candidatos realizaram as provas do concurso no domingo

Mais de 72 mil candidatos realizaram as provas do concurso neste domingo - Foto: Alessandra Lori | Ag. A TARDE | 29.10.2017

Foi divulgado na manhã desta segunda-feira, 30, pelo Instituto AOCP, o gabarito das provas do concurso para servidor técnico-administrativo da Universidade Federal da Bahia (Ufba), cujas provas foram realizadas neste domingo, 29, em Salvador e em Vitória da Conquista. 
Mais de 72 mil candidatos fizeram a prova do concurso, disputando uma das 260 vagas para níveis fundamental, médio/técnico e superior. 
Os candidatos que não levaram o caderno de questões para casa podem fazer o download da versão digital do exame, por meio do site da organizadora do certame.
Recursos
Os candidatos que desejam impetrar recurso contra o caderno de questões e o gabarito preliminar da prova objetiva podem realizar o procedimento a partir das 0h desta segunda-feira, 31, até as 23h59 de terça, 1º, por meio do site da organizadora.

Membro de quadrilha inscrito no concurso da Ufba não foi fazer a prova

Dos mais de 72 mil inscritos, 54.253 candidatos compareceram
A Universidade Federal da Bahia (Ufba) informou, nesta segunda-feira (30), que um suspeito de fazer parte da quadrilha que planejava fraudar o concurso da instituição não compareceu ao exame. As provas aconteceram neste domingo (29), em Salvador e em Vitória da Conquista. 
De acordo com a instituição, a Polícia Federal identificou um membro da quadrilha entre os inscritos para concorrer à vaga de Técnico de Laboratório/Química. No entanto, o candidato não apareceu. 
Através da assessoria, a Pró-Reitoria de Desenvolvimento de Pessoas da Ufba informou que o processo seletivo ocorreu “com normalidade”. A Polícia Federal reforçou que não houve problemas e que ninguém foi preso. 
Dos mais de 72 mil inscritos, 54.253 candidatos apareceram para fazer a prova – o que leva a um percentual de 24,55% de abstenção.
Suspeita de fraude
O concurso da Ufba aconteceu após uma semana atribulada. Na terça-feira (24), foi publicada uma denúncia sobre a suspeita de fraude no concurso, investigada pela Operação Gabarito da Polícia Civil da Paraíba. 
Na última quinta (26), a Polícia Federal instaurou um inquérito para apurar as denúncias sobre a suspeita de fraude no concurso. A corporação informou ainda que já está com todos os documentos e as informações que foram repassadas pela Polícia Civil da Paraíba, que investiga a atuação de uma organização criminosa envolvida em um esquema suspeito de ter fraudado mais de 100 concursos pelo país. No dia seguinte, a corporação confirmou ter encontrado, na lista de inscritos do concurso, nomes ligados à quadrilha.
As primeiras informações sobre uma suspeita de fraude surgiram nas redes sociais e nos grupos para compartilhar material de estudo, na semana passada. A Polícia Civil da Paraíba apontava que uma organização criminosa daquele estado fraudou o concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco – e, entre as provas, indícios e conversas interceptadas que indicavam que a mesma fraude seria cometida dali a alguns dias, na prova da Ufba, em Salvador.
Em entrevista, na última segunda-feira (23), o delegado Lucas Sá, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Paraíba e responsável pela chamada Operação Gabarito, confirmou: há indícios de que o mesmo grupo que é acusado de ter fraudado mais de 100 concursos pelo país esteja atuando para favorecer candidatos às 222 vagas da Ufba.
“A lista inicial (dos beneficiados) conta com 10 nomes, mas identificamos informações que indicam que pode chegar a 30 beneficiados”, afirma o delegado, que diz ainda não ter a identificação de todos os possíveis beneficiários. Apesar disso, todos os membros da quadrilha já estão identificados: 31 estão presos e outras 40 pessoas, ainda em liberdade, estão sendo investigadas.


Conquista: Ex-prefeito Guilherme não conseguiu eleger sucessor, mas segue bem avaliado; confira matéria do Correio

A um ano da disputa eleitoral pelo governo do estado, as principais lideranças políticas das dez maiores cidades do interior já estão posicionadas em um dos lados da batalha que começa a se desenhar entre o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM). O CORREIO mapeou as articulações em torno das alianças com 54 caciques desses municípios, sendo que apenas cinco ainda estão em cima do muro sobre o apoio ao petista ou ao democrata em 2018, caso a disputa entre os dois se confirme na sucessão.
Embora o prefeito ainda não tenha se posicionado sobre a candidatura ao governo do estado, seus aliados já trabalham na articulação de líderes regionais nos maiores colégios do interior, de olho nos votos de 1,66 milhão de eleitores, fatia que representa 16% do total do estado. Entre os prefeitos, cinco estão com Rui, quatro com Neto e um ainda não escolheu lado.
Em Feira de Santana, a maior do interior, o jogo já está praticamente definido. Um dos maiores redutos do democrata, a Princesa do Sertão é estratégica por ser a capital de sua própria região metropolitana, composta por 16 municípios, e exercer influência nesse entorno.
Lá, o prefeito José Ronaldo (DEM), reeleito no ano passado com 71% dos votos válidos, é o principal cabo eleitoral de Neto, enquanto o deputado estadual Zé Neto (PT), derrotado pelo democrata na disputa pela prefeitura, segue no time Rui. O governador também conta com o apoio do deputado federal Fernando Torres (PSD).
Mesmo sendo dominado pelo DEM, o que se refletiu na boa votação de José Ronaldo, Feira deu vitória a Rui em 2014, no embate com o ex-governador Paulo Souto (DEM).
Inversão
Por outro lado, Vitória da Conquista, histórico reduto petista, viu a oposição conseguir uma vitória depois de 20 anos  sob domínio do PT, com a eleição de Herzem Gusmão (PMDB) no ano passado.
O peemedebista derrotou, no segundo turno, o deputado estadual Zé Raimundo (PT), que já comandou o município, segundo maior colégio eleitoral do interior. Além de Herzem, Neto terá apoio também do ex-vereador Arlindo Rebouças (PSDB), que disputou a prefeitura e teve votação considerada surpreendente, ocupando o terceiro lugar no pleito de 2016.
Do lado governista, Rui tem no seu front em Conquista o ex-prefeito Guilherme Menezes (PT), que não conseguiu eleger o substituto, mas segue bem avaliado no município. Além de Zé Raimundo, o deputado federal Waldenor Pereira (PT) e o deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) são outras lideranças locais do time petista.
Outra vitória da oposição considerada importante foi em Alagoinhas, 10º maior do interior do estado. Por lá, o prefeito Joaquim Neto (DEM) conseguiu derrotar, no ano passado, três aliados do governador: o deputado estadual Joseildo Ramos (PT), Sônia Fontes (PSB), apadrinhada do ex-prefeito Paulo Cezar Simões (PDT), e Radiovaldo Costa (Rede).
Joseildo e Paulo Cezar, com dois mandatos cada, dividiam o poder na cidade desde 2001 e são os mais fortes aliados do governador em Alagoinhas. Ex-prefeito de Sátiro Dias, Joaquim tem com ele o deputado federal Paulo Azi (DEM), uma das principais lideranças da região e aliado de Neto.

Modelo Renata Banhara fica com face deformada por causa de infecção

Renata Banhara está na luta contra uma infecção no dente desde o início deste ano. A modelo sofreu duas paralisias faciais e disse já pensou diversas vezes em tirar a própria vida. A declaração foi dada durante uma entrevista ao programa “Câmera Record”, que foi transmitido nesse domingo (29).
“Parou meu rosto, inchou, deformou, ele derrete. Meu rosto está bonito hoje, talvez daqui dois ou três dias ele derreta, ele enche. Minha cabeça chegou a pesar um quilo e meio a mais, de eu não ter condições de segurar minha cabeça”, afirmou.
A ex-participante de “A Fazenda 4” disparou: “Eu tenho vontade de me suicidar de dor. Eu preciso do remédio psiquiátrico para dar uma acalmada, porque a dor não vai passar de uma hora para outra. Eu tenho que suportá-la para não fazer uma besteira”.
De acordo com o UOL, a modelo também confessou que ingeriu altas doses de medicamentos. “Cheguei a tomar 60 remédios por dia. Hoje estou, como dizem os médicos, desmamando. Estou tomando uma quantidade menor, estou conseguindo reduzir porque estou em melhora, mas não vamos parar nunca, porque enquanto eu estiver tendo esses repentes, essas reações, não se tem previsão de parar”, completou.

A pirâmide do fracasso: Um tratado sobre um dos maiores golpes aplicados em Vitória da Conquista





Conquista, 40 graus. Não, não me refiro ao calor dos últimos dias, mas sim á efervescência da chamada “febre das pirâmides”, ou como alguns preferem Marketing Multi Nível (MMN), um esquema multibilionário e fraudulento, um negócio que prometia faturamento alto e rápido, de mais de R$ 10 mil por mês. De repente, num estalo, numa velocidade digna de um raio, uma legião de novos ricos surgiu na cidade, da noite pro dia, ostentando lindos e possantes carros, todos devidamente plotados com as respectivas marcas das empresas que seus condutores representavam.  O palco do desfile, não raro, eram as avenidas Olívia Flores, Rosa Cruz, Siqueira Campos, Frei Benjamin e festas regadas a whisky 21 anos, Chandon, Absolut e charuto cubano. Dizem que rolava algo mais também, drogas bancadas por, assim chamados, “otários” que colocaram o suado dinheiro na fogueira da usura.
Choveram convites para novos adeptos dessa “promissora corrida do ouro”. Contas se multiplicavam, postagens nas redes sociais falavam até em fortunas para comprar mansões, ferraris, helicópteros. Um luxo só. Mas só no papel.
Muito não durou até a máscara cair e vermos centenas de aplicadores sumirem como fumaça ao vento, deixando para trás outros tantos lesados, obnubilados pela ganância. Dinheiro se dissipando, preso por determinação da Justiça. Carros plotados agora “mascarados”, sem as inscrições do MMN e muitas cabeças fervendo e corpos insones.
Advogados, empresários, pecuaristas, policiais, músicos, jornalistas, médicos, diaristas. Poucas foram as classes que não emprestaram alguns dos seus profissionais para servirem como “cobaias” dos faraós dos tempos modernos. Amigos, parentes, pais e muita gente que conheço, foi lesada por um ou mais de um destes esquemas.
COMO-N~1
Formou-se uma multidão de desiludidos, agora descapitalizados e prestes á loucura. E a bem da verdade, explico que sou jornalista, não trabalho contra as empresas golpistas, jamais apliquei um centavo sequer e nem estou ganhando nada com isso.
Certo é que temos exemplos vivos (ou quase mortos) de pessoas que passaram a depender de depressivos, barbitúricos e outras drogas para tentar amenizar a dor da perda material; a cegueira piramidal. Casos reais de empresários que beiram a falência depois de perder carro, casa, dinheiro e até família e amigos.
Diagnóstico de loucura pós-pirâmide e bloqueio judicial?. Sim, temos casos confirmados em clínicas psiquiátricas de Conquista e até em Minas Gerais. Fugas da cidade para tentar escapar da ira dos que foram chamados a formar novos grupos? Também houve registros.
A, assim, liminar após liminar, esperança após esperança e sonho após sonhos, dias se passam e incertezas crescem como massa de pão ao fermento. Os que foram bancados pela farra dos faraós se calam, seja por omissão ou por subserviência.
A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), por seu turno, se queixa da redução das vendas pela falta de circulação de dinheiro. Não sabe – ou parece não querer saber – que, de janeiro até agora, o município de Vitória da Conquista viu escoar pelo ralo mais de R$3,6 milhões, segundo dados coletados pela Justiça, em ações de ressarcimento ajuizadas por advogados das “inocentes vítimas”.
Já escrevi e postei que empresas como a Telexfree, Multiclique, Polishop, Aloe Vera, BBom, NNEX, Herbalife e outras, se beneficiam única e puramente da suposta ignorância das pessoas. Mais ainda: Da ganância e da falta de informação e da preguiça em pesquisar sobre as coisas. Você vai investir um valor considerável, e para obter retorno, vai se tornar aquele amigo chato que todos irão comentar na rodinha.
Importuna família, conhecidos, sua rede de pessoas, todos ao seu redor, e que tem respeito por ti, a entrarem em algo que é falho e certo a te dar prejuízo. Alguns até obtiveram lucro a principio, mas em curto prazo, perderam muito dinheiro. O pior: seu valioso círculo de amigos acabou.
Os que ficam de fora são taxados pelos que estão dentro como os idiotas que não entendem do esquema. Quem ficou de fora foi visto como um imbecil. Quem tem curiosidade logo é bombardeado com respostas dadas que mais se assimilam com a de um robô.
Sempre falsas promessas vindas juntamente com um otimismo absurdamente irritante e as promessas de um lucro altíssimo em curto prazo, coisa que só se consegue com muito estudo, dedicação e trabalho, na vida real.
Os golpistas, desde o topo da pirâmide, os cargos mais altos, até os mais recentes adendos, sabem no fundo, de todos os riscos, mas se encobrem com esse falso otimismo para adestrar e atrair mais otários que investirão dinheiro, e pagarão o ‘salário’ dos que estão mais acima, e assim por diante.
Enquanto você, “isca viva”, luta pra conseguir alguns centavos, os que estão no topo da pirâmide e aderiram primeiro, estão nadando em dinheiro e fazendo viagens ao exterior. O primeiro fraudador é a única ferramenta necessária para que o ciclo repetitivo comece. E ele só termina com o esquema sendo desmascarado, ou a empresa indo a bancarrota.
Não escrevo sem conhecimento da causa. Segundo o Ministério da Fazenda, o Brasil proíbe qualquer tipo de negócios em pirâmide. A lei 1.521 de 1951 aponta que é crime contra a economia popular, com possível punição de 6 meses a 2 anos de detenção, “obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (“ bola de neve”, “cadeias”, “pichardismo” e quaisquer outros equivalentes)”.
Um conselho: estude, trabalhe, pesquise. Não vá achar que dinheiro vai vir fácil na sua vida. Por trás de todo dinheiro fácil, há alguém querendo se aproveitar de você.
BREVE RELATO SOBRE O ESQUEMA FRAUDULENTO
Explicando o esquema em rápidas e didáticas palavras, com ajuda do especialista Rafael Seabra, editor do Quero Ficar Rico (um dos maiores blogs sobre Educação Financeira do país), uma pirâmide financeira, que também pode ser confundida com marketing de rede (apesar de existirem produtos sérios nesse ramo), é um esquema onde você investe um determinado valor para entrar na pirâmide, beneficiando quem já está nela.
Em estruturas mais elaboradas, você adquire um produto (que podem ser produtos para emagrecer, cartões de crédito, alimentos) de algum membro dessa estrutura (que fica com uma parte do valor) e está apto a participar do negócio.
Os novos faraós prometiam retornos sobre o investimento bem lucrativo para os padrões americanos (algo em torno de 10% ao ano), mas, na verdade, eles repassavam um retorno financeiro aos clientes mais antigos através da entrada de recursos dos clientes mais recentes.
A maioria dos investidores provavelmente não verá a cor do dinheiro investido e já contabilizam suas perdas. Para suavizar essa rasteira, alguns se gabam de “terem tirado o seu” e que “o reste que se dane”. É assim a lei do capital: Os espertos no trono e os “trouxas”, na forca. Ruy Barbosa tinha razão ao cunhar a célebre frase: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

Pistoleiro morto em Conquista era chefe da facção "Raio A"; Adailton (Dai) teria ordem de assassinar ciganos

Resultado de imagem para Adailton Soares Sampaio
O homem baleado, que morreu logo após tiroteio ocorrido ao lado do Shopping Conquista Sul, na noite desse domingo, 29, em Vitória da Conquista, foi identificado como sendo Adailton Soares Sampaio, conhecido como Dai.
Depois de ser alvejado, Dai ainda tentou se abrigar num terreno baldio, onde acabou morrendo. Com ele foi encontrada uma pistola calibre 380.
De acordo com a polícia, Dai era um dos mais perigosos criminosos de Itabuna, sendo líder da facção criminosa Raio A, com atuações no Sul da Bahia. Ele também é apontado como responsável pela morte do PM Tayrone Thomas, fato ocorrido no dia 23 de abril deste ano.
Há principal hipótese é que o criminoso estivesse em Conquista para vingar a morte de um membro da comunidade cigana que foi sequestrado e morto também por membros da própria comunidade.

Sobre esSe caso, o Sudoeste Digital publicou reportagem (RELEMBRE AQUI) E (AQUI).

Com informações do Blitz Conquista

BOLETIM DA POLÍCIA CIVIL

Plantão  Regional  noturno,  10a Coorpin Vitória da Conquista. 

Homicidio  consumado  e tentativa  de  homicídio. 

Data : 29/10/2017
Horário :22h 
Local : Ulisses do Prado Nogueira,  em terreno baldio,  Bairro Morada  dos Pássaros I, nesta.

HISTÓRICO : Segundo  denúncia  no CICOM  na data, hora e local supracitados houve uma intensa troca de  tiros,  sendo que havia uma vítima do sexo masculino  sem vida, vítima  de  disparos  de  arma de fogo  e  uma segunda  vítima identificada  apenas como João  Vitor,  esta um Cigano,  havida sido alvejada  por disparos  de  arma de fogo,  mas foi socorrida  com vida para o Hospital  Samur  Onde foi submetida a  uma  cirurgia. 
VÍTIMA  do homicídio : sexo masculino  sem identificação 
VÍTIMA  da tentativa de  homicídio,  do sexo masculino,  identificada  como cigano,  alvejada por três  disparos  de arma de fogo. 

Autoria  desconhecida 
Motivo  a investigar.

Diligência : foram expedidas guia pericial e guia de levantamento cadavérico; como a equipe  se deslocou  até o hospital  para tentar falar  com vítima  João vitória. 

Fonte  DPC  Tânia Silveira.

DESTAQUE

Cidade mais pobre do país fica na Bahia; veja top 10 dos mais ricos e pobres

Ficou na Bahia, mais especificamente no Nordeste do estado, o título de cidade mais pobre do Brasil. A ‘conquista’ é de um município que,...

AS 5 + LIDAS