PREVISÃO DO TEMPO

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

ITAPETINGA - Família consegue cirurgia para bebê com fissura labiopalatina

Os pais, Gessiane e Osmar Silva, com a pequena Ester: esperança renovada
Imagem: Acervo da família
Depois de uma campanha que alcançou as redes sociais a pequena Ester Silva Dias, de sete meses, finalmente deverá ser operada. A data ainda não foi definida. Os pais da criança, que moram em Itapetinga, no sudoeste da Bahia, a 560 km de Salvador, lançou a campanha na internet para conseguir uma cirurgia para a criança, que nasceu com um dos tipos mais complexos de fissura labiopalatina.

Trata-se de uma anomalia congênita que tem origem no desenvolvimento incompleto do lábio e do palato (céu da boca) durante a gestação do bebê.

Assim que a cirurgia foi anunciada, a família suspendeu a campanha de arrecadação e agradeceu a todos que ajudaram, compartilharam e doaram para a pequena Ester. 

"Estamos parando com a campanha em prol das cirurgias.Como é do conhecimento de todos,ela irá precisar de um tratamento multidisciplinar,envolvendo muitos profissionais da saúde e de várias cirurgias reparadoras ao longo da vida,esse tratamento envolve muito dinheiro,e não teríamos como fazer tudo isso particular", informou a mão, Gessiane Silva Sá.

A cirurgia é ofertada pelo SUS, mas até então a família enfrentava burocracia e corria contra o tempo. Uma reportagem do Sudoeste Digital (RELEMBRE AQUIajudou a acelerar a resposta do SUS. "Nos foi ofertada a oportunidade de fazer as cirurgias. Pedimos a todos que entendam o desespero de uma família em busca do melhor tratamento para sua filha", desabafou a mãe.

SOBRE A ANOMALIA

Também chamada de lábio leporino ou fenda palatina, a fissura labiopalatal está entre as anomalias mais comuns em bebês recém-nascidos. Essas malformações alteram a anatomia normal, podendo interferir na fala, na audição, na deglutição, na respiração e nos dentes. No Brasil, a proporção é de uma para cada 650 nascimentos. O problema afeta mais de 230 mil brasileiros.

Segundo a mãe da criança, o caso de Ester é mais severo e raro, já que, além de ter uma grande abertura desde o lábio até o nariz, há a ausência do osso nasal, o que poderia indicar a existência de síndromes e problemas neurológicos.

Inicialmente Ester foi assistida pela Secretaria de Saúde do município e passou por um hospital de referência em Salvador. Conforme informações do Ministério da Saúde, no país existem 28 hospitais credenciados no Sistema Único de Saúde para realização de procedimentos integrados para reabilitação estético-funcional dos portadores de má-formação labiopalatal.

No entanto, devido à complexidade dos procedimentos aos quais Ester precisa ser submetida, os pais da criança decidiram pedir ajuda nas redes sociais. 

A intenção era a de angariar recursos para custear o tratamento em Porto Alegre-RS, onde um cirurgião plástico, que é referência mundial em cirurgia crâniomaxilofacial, tem obtido excelentes resultados em casos semelhantes. A campanha arrecadou R$892,00. A família deve destinar o valor a uma entidade filantrópica.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Gessiane faz parte de um grupo de WhatsApp em que mães de diversos lugares do país compartilham informações sobre os caminhos percorridos na busca por esse tipo de cirurgia e as principais dificuldades encontradas. Foi através do aplicativo que ela passou a compreender melhor o assunto e a conhecer as possibilidades de tratamento.

Desde que descobriu o problema no sexto mês de gestação, Gessiane tem lutado contra o medo e o desespero que são inevitáveis para uma mãe que não consegue pôr fim ao sofrimento da filha. 

FIM DO MISTÉRIO: Mulher que estava em Paripe não é de Conquista; ela é evangélica e mora em Camaçari


Jussara Novaes (Sudoeste Digital) - A "misteriosa" mulher, que estava perambulando por ruas do subúrbio ferroviário bairro Paripe, em Salvador, finalmente retornou ao lar. Ao contrário do que foi postado em sites, blogs e grupos de Whatsapp, ela não é de Vitória da Conquista -, mas de Camaçari, região metropolitana da capital, onde reside com seus familiares.

Identificada oficialmente como Ana Cecília Santos, 44 anos, ela frequenta uma igreja evangélica em Camaçari, de onde teria saído após um culto, na sexta-feira, 18, e desaparecido. Amigos informaram que ela sofre de distúrbios, mas não souberam informar com ela teria ido parar em Salvador.  

Ela será submetida a uma avaliação clínica ainda nesta quinta-feira, 24. Os primeiros procedimentos foram feitos pela Assistência Social de Salvador, assim que foi acionada por moradores de Paripe. 

De acordo com a protética Sandra Souto, que prestou os primeiros atendimentos à mulher, identificada como, ela parecia ter um surto psicótico no primeiro momento, até que evangélicos da "Congregação Nordeste", de Camaçari fizeram o reconhecimento e acionaram os familiares. 

Amor de buzu: TST mantém demissão de motorista flagrado fazendo sexo com cobradora

Amor de buzu: TST mantém demissão de motorista flagrado fazendo sexo com cobradora

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) manteve a demissão de um motorista de ônibus flagrado fazendo sexo com a cobradora, após passageiros terem saído do veículo. O TST não aceitou o argumento do motorista, de que a cobradora teria passado mal, com problemas na garganta, e ele apenas a acudiu. “O que se percebe da cobradora é uma postura ativa e disposta. Vê-se que, no momento em que os dois se afastam, já no final do vídeo, a cobradora sai da cadeira rapidamente, sem demonstrar qualquer sinal de enfermidade ou mal-estar”, descreve o acórdão do Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco (TRT-PE), mantido pelo TST. A cena foi filmada após a dupla encerrar sua última viagem do dia. O TRT analisou as imagens. “Caso isso estivesse ocorrendo, o normal é que o motorista a segurasse, confortando-a. As imagens, no entanto, mostram o motorista segurando nos ferros e apoios de cadeira do ônibus fortemente com o braço direito, revelando, assim, que ele não estava prestando qualquer assistência à cobradora”, diz o acórdão. Os desembargadores ainda detalharam a situação. “Enquanto estão um ao lado do outro a cobradora chega até mesmo a ficar agachada, de cócoras, tirando o seu apoio da cadeira onde estava, revelando, assim, que não estava sofrendo de nenhuma fragilidade física”, relatam. Para o TRT, o local escolhido para o sexo foi inadequado e acolheu o argumento da empresa de que a demissão se fundamentou no artigo 482, alínea “b”, da CLT, que define a falta grave. O trabalhador recorreu ao TST para reverter a demissão e ainda pedir indenização de R$ 500 mil por danos morais. O motorista alegava que a empresa espalhou a história para os outros funcionários, o que lhe teria causado grande constrangimento.  O caso foi relatado pela ministra Maria de Assis Calsing. Para ela, não ficou constatado violação que permitisse a admissão do recurso e o TST não reexamina fatos.

Palmas de Monte Alto: Corpo de militante político será exumado terça-feira (29)


A partir da próxima terça-feira (29/08), iniciará o procedimento de exumação do corpo de João Leonardo da Silva Rocha, advogado e ex-militante da luta armada que integrou a ALN (Ação Libertadora Nacional) e o Molipo (Movimento de Libertação Popular), executado em 1975 e enterrado com nome falso no Cemitério de Palmas de Monte Alto (BA). As informações são do jornalista Vilson Nunes.

Antes, porém, na segunda-feira (28/8), ocorrerá uma Audiência Pública, no Auditório do Colégio Municipal Eliza Teixeira de Moura, com o objetivo de explicar para a população montealtense a importância do caso. A informação foi confirmada pela Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP). 

Segundo informações obtidas pelo site Sudoeste Bahia, assim que a exumação for consumada, a Comissão, que é vinculada à SDH (Secretaria Especial de Direitos Humanos) da Presidência da República, encaminhará os ossos para o laboratório que fará a retirada de DNA e o confrontará com dados genéticos do irmão mais velho de João Leonardo, o também advogado Mario Rocha Filho, baiano radicado no Rio de Janeiro, que já forneceu amostras de sangue. 

No ano passado, a Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) realizou Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Palmas de Monte Alto (BA), quando confirmou as informações de onde foram enterrados os restos mortais do militante político João Leonardo, morto na cidade, em suposto confronto com policiais militares em junho de 1975, período da Ditadura Militar. 

Em abril deste ano, duas arqueólogas forenses que desenvolvem projeto junto à Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP) estiveram no município, realizando referenciamento do cemitério, dialogando com o poder público e também com familiares que possuem entes queridos enterrados nas proximidades de onde teria sido sepultado João Leonardo. 

VIAGEM INTERROMPIDA: Policia Civil de Conquista prende homem transportando 8 kg de maconha


VITÓRIA DA CONQUISTA - Após receber denúncia de que um homem estaria transportando certa quantidade de drogas em bagagens no interior de um ônibus da Viação Gontijo, policiais civis do Draco deslocaram-se até a estação rodoviária e com a chegada do ônibus revistaram bagagens, onde localizaram uma caixa contendo cerca de 500 óculos falsificados e cerca de oito quilos de cocaína em tabletes e sacos. As informações são do Blog do Léo Santos.

A droga, que era transportada por Wasilton da Silva Pinto, foi adquirida em Foz do Iguaçu e teria como destino Salvador, capital baiana. O conduzido foi preso em flagrante e a droga encaminhada ao DPT para perícia. Os óculos foram encaminhados à Receita Federal para adoção das medidas cabíveis.



DESTAQUE

BAHIA - Júri Popular absolve PM por homicídio ocorrido há 17 anos

O sargento da polícia militar do Estado da Bahia Robenes Ramos dos Santos foi absolvido do caso do homicídio de Fábio Pereira Correia oco...

AS 5 + LIDAS