quarta-feira, 9 de agosto de 2017

“Oh, papa-capim”: Dinho Kapp se filia a partido politico e ‘sonha’ com cargo de deputado


Conhecido por dar vida ao bordão “oh papa-capim dos meus sonhos”, o auxiliar de pedreiro Cláudio dos Santos Nogueira filiou-se ao Partido Social Democrático (PSD) de Alagoas, nessa terça-feira (8). Popularmente chamado de Dinho Kapp, ele pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa daquele estado. A filiação do sucesso da internet foi divulgada pelo presidente estadual da legenda, Maykon Beltrão, nas redes sociais.

“Hoje recebi a visita de Cláudio dos Santos Nogueira, o fenômeno @dinhokapp_oficial, mais conhecido como o famoso ‘Papa-Capim’ das Alagoas. Na sede do PSD, em Maceió, Dinho abonou sua ficha de filiação ao partido visando o pleito eleitoral de 2018”, diz o dirigente em uma publicação.

Morador do bairro de Benedito Bentes, em Maceió, Dinho ganhou fama há cerca de quatro meses. Em entrevista recente, ele relatou que tudo começou de maneira espontânea, sem a pretensão de fazer sucesso na internet. Hoje ele tem o bordão viralizado e grava comerciais para diversas empresas de Alagoas. A renda, segundo Cláudio, tem servido para pagar o tratamento da sua esposa diagnosticada com câncer.

PARAMIRIM - Filho de ferreiro fabrica "Ferrari" no quintal de casa

Um ditado popular, muito antigo, diz que filho de peixe peixinho é. Está carimbado. Paramirim agora tem mais uma atração automobilística a curtir. Não se trata de uma Hilux nem tão pouco de um Maybach Landaulet, últimos modelos, mas de uma Ferrari de verdade, ou melhor quase de verdade.

No final da década de 80, o ferreiro José Félix dos Santos, mais conhecido por Zé de Chico, criou um produto híbrido que ficou conhecido na cidade como o avião de Zé de Chico Ferreiro. Isto mesmo, um teco-teco, com motor de Volkswagen para dois ocupantes. Um fuscão alado, que após algum tempo foi vendido para um certo cidadão de Bom Jesus da Lapa, que ainda o tem no rol de seus pertences, com muita exclusividade, certamente.

Agora chegou a vez do filho fazer algo mais extraordinário ainda, uma Ferrari de fundo de quintal, daquelas de dar água na boca em qualquer colecionador, não só pela aparência, mas sobretudo pelos meios percorridos para construí-la.


Nesse último domingo (O6), ainda em fase de teste, chegou o dia da vermelhinha desfilar por alguns instantes pelas ruas de Paramirim, atraindo a atenção dos observadores que perplexos, de longe gritavam: " olhe lá uma Ferrari, cara!" Nesse embalo, aos poucos a cidade vai tomando conhecimento da invenção e o seu Idealizador se tornando famoso no campo da criatividade, para orgulho nosso, é claro.

Geovane Félix Ramos Santos, mais conhecido por Geo é o nome do Enzo Anselmo Paramirinhense. Trabalha de auxiliar de cabeleireiro no Salão Moda Jovem, tem 23 anos, casado, Virginiano, profissão serralheiro como o pai, principal característica psicológica humildade acima de tudo.

É meu irmão! Não fique aí pensando que Geo é dono de uma só invenção. O cara é fera mesmo, como bem prova outras " máquinas " por ele criadas ou adaptadas. Mato gigante com motor de fusca e assim por diante. Tudo isso sem muita badalação, usando a chamada tecnologia da escassez e a força do seu gênio inventivo para ajustar e adaptar o que for preciso, inclusive peças e acessórios já transformados em sucata ou por ele próprio moldadas.


Para quem entende de veículos, sabe que a Ferrari é um dos carros mais caros do mundo, tem diversos modelos, conforto, segurança e estabilidade não lhe faltam. Sua fábrica localiza-se na cidade italiana de Maramello, província de Modena, fundada em 18 de fevereiro de 1898 pelo engenheiro Enzo Anselmo Ferrari. Cada veículo desta marca custa em média R$ 1,5 milhão.

Não pensem, entretanto, os senhores, que Geovane é um milionário nessa área. Sua invenção lhe custou, fora mão de obra, menos de dez mil reais. O revestimento interno e estofados ficaram por conta de uma capotaria também de fundo de quintal, sendo o jogo de rodas aros 17 construído na sua improvisada oficina. Tudo na Ferrari de Geo é um pouco de cada coisa. Lataria de ônibus, motor de moto, caixa de marcha de Gol e volante de Fusca. O resto, ora o resto, é só curtição, diz o jovem serralheiro, feliz da vida.

(Publicado originalmente e integralmente em Paramirim Eventos)

PRF apreende 475 mil carteiras de cigarros contrabandeados; motorista tentou fugir

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, por volta das 10h50, um total de 950 caixas de cigarros contendo aproximadamente 475 mil carteiras da marca GIFT, de fabricação Paraguaia, durante abordagem a um motorista que tentou fugir da fiscalização, no Posto Benito Gama, em Vitória da Conquista, a 509 km de Salvador.

De acordo com a PRF, o veículo seguia em sentido BR-116 Norte e passou direto pelo posto da Secretaria de Fazenda (SEFAZ), situado no KM 836, sem a devida parada. O motorista foi seguido por uma equipe até o posto da PRF, quando foi parado e fiscalizado.

Imagens: PRF


No decorrer das atividades policiais, ainda foram apreendidos R$526, quatro aparelhos celulares, 7 lacres do Detran e 4 placas de identificação. Diante das informações obtidas, segundo a PRF, foram constatados, a princípio, os seguintes delitos: contrabando e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Uma pessoa, de identidade não informada, foi presa e conduzida à Polícia Federal.

Sudoeste Digital, com informações da PRF


Polícia prende três suspeitos de envolvimento em chacina na região de Lençóis


Três pessoas foram presas e outras duas são procuradas pela polícia por envolvimento na morte de seis moradores de uma área remanescente de quilombo na zona rural de Lençóis, na Chapada Diamantina. O crime ocorreu na noite do último domingo (6), no Território Quilombola de Iúna, cujo processo de regularização fundiária foi iniciado em 2010 pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (9) que a chacina está relacionada com a disputa pelo controle da venda de drogas na região. As prisões foram efetuadas por policiais da 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Seabra.

Segundo as investigações, uma das vítimas, Gildásio Bispo das Neves, o Leixão, 51 anos, controlava o tráfico na localidade de Iúna, povoado quilombola, e era o principal alvo da ação criminosa. As investigações indicam que Leixão foi executado, com outros cinco comparsas, por ordem de Léo Careca, por estar comercializando drogas para um rival de Léo, conhecido pelo apelido de Naninho, oriundo da região de Irecê.

Léo Careca e Álef são procurados pela polícia (Fotos: Divulgação)
Além de Leixão, foram mortos, por cinco homens usando máscaras e roupas pretas, Adeilton Brito de Souza, o Boga, 22, Cosme do Rosário da Conceição, 49, Marcos Pereira da Silva, 31, Valdir Pereira Silva, 28, e um sexto homem ainda não identificado oficialmente pela Polícia Civil. Na operação, foram presos Indira Luanda Ferreira Barbosa, 44, conhecida como Indira Professora, Ana Paula Gomes Santos, a Ana Paula de Birau, 35, e Gilvan Santos de Jesus, 26. O trio, segundo a Polícia Civil, integra a quadrilha liderada pelo traficante Leonardo da Silva Moraes, o Leo Careca, 29, que está sendo procurado. Na casa de Indira, que é responsável pela contabilidade da quadrilha, a polícia apreendeu pés de maconha e porções da droga já embaladas para venda. Ana Paula e Gilvan, que atuam como olheiros e vendem drogas, também estavam no local, em Tanquinho de Lençóis. Todos foram conduzidos à delegacia e autuados em flagrante por tráfico. Um inquérito foi instaurado e está em andamento para prender o restante da quadrilha. (Correio)

SEQUESTRO DE CIGANOS - Modalidade criminosa aterroriza Sul e Sudoeste da Bahia

Imagem: Acervo/Redes sociais


Jussara Novaes (Sudoeste Digital) - pelo menos seis sequestros de ciganos foram registrados nos últimos dias entre o Sul e o Sudoeste da Bahia. Como as vítimas costumam ostentar joias, carros e muito dinheiro, tornaram-se alvos dos sequestradores.

Para evitar novos sequestros, os ciganos passaram a adotar hábitos pouco usuais entre eles, como se fechar em casas com familiares, instalar sistema de vigilância e excluir perfis em redes sociais com fotos de veículos e cordões de ouro. Também estão adquirindo mais armas para um eventual confronto.

A mais recente ocorrência foi contra o cigano Iranildo Queiroz (foto), conhecido também como Ira. Ele foi sequestrado quando estava em um ferro-velho, no bairro Iguape, zona norte de Ilhéus.

Segundo testemunhas, os criminosos, ao se aproximarem, mandou que todos se deitassem. Em seguida colocaram o cigano dentro do carro e fugiram. Segundo informações, Iranildo é morador de Itabuna, mas possui propriedades em Ilhéus.

Até o momento os criminosos não mantiveram contato com a família e não há informações sobre o paradeiro da vítima. O carro usado no sequestro – um Fiat Toro, de cor branca, foi abandonado na BA-030 Morro do Celular, próximo à praia do Cassange, na península de Maraú.  Lá, os bandidos trocaram o veículo por outro – um Palio – e seguiram viagem. 

A polícia está no encalço dos sequestradores. Nas imediações do Povoado de Saquaíra, em Barra Grande, houve uma intensa perseguição, seguida de troca de tiros entre bandidos e polícia.  A operação envolve homens da Polícia Militar de Maraú, Itacaré e Ilhéus. 

A Polícia continua no encalço dos sequestradores e da vítima. Nesta manhã de quarta-feira (9) um veículo pálio prata, de placa NZF-1958, licenciado de Salvador, utilizado pelos criminosos foi encontrado atolado na praia dos Arandis, na Penísula de Maraú. 

A Polícia acredita que os criminosos abandonaram o veículo e seguiram a pé. Dentro do carro nada foi encontrado. Outros três sequestros de ciganos do Sul da Bahia também estariam em andamento, mas a polícia não informa sobre as investigações.

CIGANA LIBERTADA

Na última quarta-feira, 2, a cigana Suzana Rebouças, 35 anos, foi sequestrada por quatro homens armados na manhã desta quarta-feira, 2, no Residencial Vila Marina, fundos do Assaí, em Vitória da Conquista. 
Suzana foi sequestrada na manhã desta quarta-feira, em Conquista
Imagem: Acervo/ Redes sociais

Na manhã dessa terça-feira, 8, ela foi libertada do cativeiro em que estava, após o pagamento de um resgate, em Salvador. Um primo dela, de prenome Odair, também foi vítima desse mesmo tipo de crime há 5 meses. 



Ele foi deixado pelos sequestradores próximo ao município de Feira de Santana, após os bandidos exigirem R$80 mil em resgate. A exemplo do sequestro de Suzana, a família não informa se o valor exigido pela libertação de Aldair foi pago. Também pode ter sido a mesma quadrilha que há dois meses tentou sequestrar um primo dela, no Bairro Candeias, sem sucesso. (Colaborou: Verdinho Itabuna).


PRF apura causas do acidente que matou motorista conquistense

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Minas Gerais ainda não divulgou as causas do acidente que matou o motorista conquistense Ícaro Victor Bezerra Almeida, de 21 anos, na madrugada desta quarta-feira,9. Baé, como era carinhosamente chamado pelos amigos, morreu presos à ferragens após o capotamento do caminhão Scania, placas OPW-0150 de Vitória da Conquista,  na rodovia BR 146 KM 75, entre Serra do Salitre e Cruzeiro da Fortaleza, interior mineiro.

A imagem pode conter: 1 pessoa
Os policiais encontraram o caminhão às margens da pista. Segundo o relato, o condutor estava preso entre o teto, painel e banco, já sem vida.  A carga de mexericas transportada no veículo ficou espalhada pela pista e acostamento. 

Uma equipe da PRV, comandada pelo sargento Batista, também esteve no local, e acionou a pericia técnica da Polícia Civil para realizar seus trabalhos.
Em seguida o caminhão foi colocado na posição de rodagem pelo guincho, assim os Bombeiros puderam retirar o corpo da vitima que foi repassada para funerária.
Ícaro era casado e deixa um filho com menos de um ano de idade.

DESTAQUE

VÍDEO - Polícia de SP prende motorista que transportaria drogas para Vitória da Conquista.

Jussara Novaes (Com informações do SP no AR/Record) - O motorista Clodoaldo Dias, d idade não informada, foi preso em flagrante quando ...

AS 5 + LIDAS