PREVISÃO DO TEMPO

segunda-feira, 15 de maio de 2017

I Forró ‘Vibe’ Universitária traz Rony Barbosa, Cainã Araújo e Fulor do Cangaço

Estudantes universitários ganham festa "exclusiva" abrindo os festejos juninos 2017


Os festejos juninos, certamente os mais esperados de todos os anos, já dão os primeiros sinais com o anúncio de festas em toda região sudoeste, formando uma agenda que deixa o amante do forró indeciso diante de tantas possibilidades.

O calendário vai ficar pequeno para tanta festa prevista e entre elas está o I Forró ‘Vibe’ Universitária, festa que vai reunir pratas da casa de alto nível, representantes do genuíno forró, numa noite que promete, no próximo dia 20, na conceituada Villa Music. Rony Barbosa, Cainã Araújo e Fulor do Cangaço vão garantir a festa voltada para a comunidade acadêmica, criando um ambiente para os milhares de estudantes das faculdades, universidades e cursinhos de Vitória da Conquista, que certamente esperam uma boa oportunidade para amenizar o ritmo acelerado exigido para cumprir as exigências dos cursos, como a preparação para a temível semana de provas, que tira o sossego de tanta gente.

Nesta “vibe” então, semana que praticamente antecede o recesso, os estudantes terão a oportunidade de se encontrar para um bom arrastapé e estravasar antes da tensão e até mesmo encontrar os professores que também são convidados da festa, conforme garante a organização. “A festa é para todos, estudantes, professores e quem curte um bom forró”, afirmou Rony Barbosa, uma das atrações da noite.

Além de Rony Barbosa, um dos grande nomes do forró tradicional da região e o grupo feminino Fulor do Cangaço, cujo repertório é genuinamente forrozeiro, o I Forró Vibe Universitária apresenta Cainã Araújo, que lança no dia da festa seu primeiro CD, Coração Matuto, uma produção autoral de muito bom gosto, que poderá ser apreciado pelos amantes do bom forró.

Evento: I Forró Vibe Universitário 
Local: Villa Music 
Data: 20 de maio 
Horário: 22:00 
Ingressos: R$30,00 (individual) R$50,00 (Casadinha) 
Local de Venda: Banca Central FTC (Amandoce) Fainor (Dom Churron) Maurício de Nassau (Cantina - Aline)

Por Maurício Sena

Polícia investiga ameaças a engenheiro desaparecido em Conquista


Um engenheiro agrônomo de 24 anos está desaparecido há 5 dias na cidade de de Vitória da Conquista. Segundo familiares, na manhã do sábado (13), uma pessoa ainda não identificada acessou o perfil do jovem em uma rede social e entrou em contato com a mulher dele. 
O indivíduo fez ameaças por meio de mensagens. Em seguida, a família procurou a delegacia da cidade e registrou ocorrência, mas ainda não há informações sobre o paradeiro do jovem. O teor das ameças não foi divulgado pela família.
Idione Silva Brito foi visto pela última vez na quarta-feira (10), ao entrar em uma caminhonete preta, em uma estrada de barro que liga o centro do município ao distrito de Pedra Branca. A família do jovem está preocupada e busca por informações sobre o paradeiro dele.
“Um menino educado, quieto. Só do trabalho para dentro de casa. Ele não tem inimigo nenhum. Não é um menino de farra, de festa. Ninguém sabe o que foi que fizeram com meu filho que aconteceu isso. Todo mundo desesperado. Não sabe o que faz. Pelo amor de Deus, quero meu filho de volta”, disse Eumirides Silva, mãe do jovem.
Conforme a família, Idione Silva viajava de moto com o irmão, quando recebeu uma ligação e parou na estrada. Em seguida, uma caminhonete chegou no local e ele entrou pela porta traseira do veículo. O irmão do jovem, que aguardava com ele, não desconfiou e seguiu a viagem de moto para Pedra Branca. Depois disso, o engenheiro não foi mais visto.
“Se viu meu filho, pelo amor de Deus, mande meu filho de volta para mim, porque estou com muita saudade. Estou com saudade do meu filho demais”, pediu Manoel de Oliveira, pai de Idione. 

Com informações do G1 Bahia

Tema de concurso de redação da TV Sudoeste é idêntico ao realizado em 2016 no Sul da Bahia; Organizadores explicam o motivo

FACULDADE DE ILHÉUS OFERECE AULÃO DE REDAÇÃO NESTE SÁBADO

O tema do concurso de redação "Da janela vejo o mundo. Ler abre horizontes" - Projeto Lápis na Mão, da TV Sudoeste, é idêntico ao da 7ª edição, concluída em 22 de setembro do ano passado e promovida pela TV Santa Cruz, em Itabuna.

VEJA CARTAZ PUBLICADO EM 2016

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Com isso, a estrutura dos textos finalistas em 2016 pode ser encontrada nas redes sociais, antecipando-se - em mais de um ano - aos objetivos da banca que vai analisar o trabalho elaborado pelos participantes desta edição em Vitória da Conquista. Até o cartaz é idêntico ao da edição realizada no Sul da Bahia.

A imagem pode conter: texto

Existe, ainda, a possibilidade de acesso a conteúdo premiado, que pode passar despercebido pelo crivo da banca examinadora conquistense. O regulamento não prevê desclassificação por plágio,desmerecendo o ineditismo dos participantes.

Não é difícil encontrar pedidos com o tema da redação VEJA AQUI ou cópias das últimas redações classificatórias na sede da Faculdade de Ilhéus, instituição patrocinadora do evento em Itabuna. O projeto recebe inscrições de alunos dos ensinos fundamental e médio, de escolar públicas de Vitória da Conquista.

A TV Sudoeste foi procurada e, por meio de nota ao Sudoeste Digital, se manifestou da seguinte forma:

"A TV Sudoeste bem como a TV Santa Cruz fazem parte do mesmo Grupo de Televisão e os projetos são compartilhados entre si. Quanto a correções são com equipes diferentes, aqui temos o Curso de Letras da UESB responsável por esse trabalho, além disso, temos acesso aos trabalhos ganhadores do Concurso da TV Santa Cruz para assegurar que não haja esse tipo de situação."

A ação tem por objetivo incentivar os estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º do Ensino Médio ao desenvolvimento de práticas de leitura e de escrita com criatividade, estimulando o debate do tema do projeto no ambiente escolar.

"A descoberta põe em xeque a lisura do concurso, já que o mesmo tema já apresentado também pode gerar plágios em redações e prejudicar quem realmente se esforça na produção intelectual do seu trabalho", protesta um estudante do ensino médio, que prefere o anonimato.

Os alunos vencedores serão premiados conforme colocação, com notebook, tablet, smartphone e certificados. As escolas dos alunos vencedores também serão premiadas, conforme colocação, com desktop, impressora e certificados.

DESTAQUE

UTILIDADE PÚBLICA - Coelba alerta para cuidados com a iluminação de Natal

Hora de pensar na decoração de Natal. Nas lojas, ruas e residências, as lâmpadas coloridas e efeitos luminosos começam a dar à cidade o...

AS 5 + LIDAS