quarta-feira, 3 de maio de 2017

Instável, WhatApp sai do ar para alguns usuários

whatsapp-novidadeUsuários de todo o Brasil vem reclamando de instabilidade no WhatsApp nas redes sociais. O problema começou por volta das 17 horas desta quarta (3). Ao tentar enviar uma mensagem ou áudio, fica visível relógio que fica na lateral da caixa de texto. Ou seja: o texto sequer alcança o servidor do aplicativo.
É possível que o erro esteja sendo causado por uma atualização no aplicativo. Recentemente, o WhatsApp anunciou que os usuários poderão poderão conferir em tempo real a localização do interlocutor.

ATUALIZADO

O WhatsApp parou de funcionar na tarde desta quarta-feira. Internautas começaram a relatar que o mensageiro ficou offline por volta das 17h10. Há dificuldade para enviar e receber mensagens, e na internet os usuários ainda se perguntam por que o WhatsApp está fora do ar. Em nota ao TechTudo, a assessoria do mensageiro confirmou que a empresa "está ciente do problema e trabalhando para corrigi-lo o mais rápido possível".

O site Outage Report, especializado em monitorar serviços online, registrou um aumento repentino no número de reclamações a respeito do aplicativo. Normalmente há um relato por hora, mas na tarde de hoje aumentou para mais de 750. 

Apagão ocorre no 4G e Wi-Fi

A pane afeta a versão do WhatsApp para celulares Android, para iPhone e também para computadores, conforme apurou a redação do TechTudo. No entanto, outros sistemas, como o Windows Mobile, também podem estar com dificuldades para exibir as mensagens do aplicativo.
Além disso, o problema é verificado tanto na rede 4G/3G quanto no Wi-Fi.
Ao digitar e enviar uma mensagem, o aplicativo exibe somente um tick cinza, o que quer dizer que o conteúdo chegou aos servidores do WhatsApp. O segundo tick cinza indicaria que a mensagem chegou até o celular de destino. Por fim, os dois ticks azuis confirmariam que o destinatário recebeu e leu a mensagem.
Outro mensageiro controlado pelo Facebook, o Messenger continua funcionando normalmente nesta terça-feira. Não há relato de pane no comunicador. 

Comércio de Conquista em Luto: Morre Maria Lia, aos 65 anos



O comércio de Conquista está em luto pelo falecimento de Maria Pinto, 65 anos, conhecida como Maria Lia ou "índia". Moradora do Bairro Panorama, Lia, como era conhecida pelos amigos, trabalhou durante muitos anos no antigo Superlar e atualmente era funcionária da Lanchonete E & C, no terminal de ônibus da Avenida Lauro de Freitas, em Conquista.
Ela deixa 2 filhos e 2 netos. O velório ocorre no salão da comunidade São Pedro, no Panorama. O sepultamento será amanhã (quinta-feira), às 08h, no Cemitério da Saudade.

Colaborou: Rodrigo Ferraz

MEC apura fraude em curso de Medicina na Bahia

Resultado de imagem para faculdade de medicina guanambi

O Ministério da Educação (MEC) determinou a abertura de sindicância para apurar suspeita de fraude na seleção de uma instituição privada para oferecer curso de Medicina na Bahia, por meio do Programa Mais Médicos, durante o governo de Dilma Rousseff. A decisão foi tomada pelo ministro Mendonça Filho, após o jornal O Estado de S. Paulo questionar a pasta sobre possível troca de pareceres na concorrência para Guanambi, a 800 quilômetros de Salvador.
A substituição, denunciada à reportagem por uma fonte que trabalha no MEC, teria alterado a classificação das participantes, beneficiando uma entidade do ex-ministro do Turismo Walfrido Mares Guia. A estimativa é de que, em pleno funcionamento, um curso desses renda ao menos R$ 26 milhões/ano.
O governo Dilma lançou em dezembro de 2014 chamamento público com vistas a escolher instituições de ensino superior para instalar novos cursos de Medicina em municípios pré-selecionados. O objetivo anunciado foi o de reduzir a carência de profissionais no País em médio prazo. O edital chegou a ser alterado, com inversão de fases de avaliação, além da inclusão de novos critérios de análise, mesmo após o início do processo, o que causou polêmica e levou o Tribunal de Contas da União (TCU) a paralisar a seleção por nove meses, entre outubro de 2015 e julho de 2016.
A classificação final, que envolveu a análise das condições apresentadas pelas instituições em três etapas, foi divulgada pelo MEC em 10 de julho de 2015. Naquela data, foi anunciada como primeira colocada para montar o curso em Guanambi a Sociedade Padrão de Educação Superior, mantenedora das Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc), com sede na cidade do Norte de Minas. A entidade tem como um dos sócios a Samos Participações, de Walfrido.
Oficial
O resultado oficialmente anunciado mostrou que o Centro de Educação Superior de Guanambi - entidade controlada por empresários baianos, mantenedora da Faculdade de Guanambi - havia sido desclassificado por não cumprir critérios de capacidade econômico-financeira e de regularidade jurídica e fiscal. A avaliação consta de parecer da Coordenadoria-Geral de Processos de Chamamento Público, órgão integrante da Diretoria de Regulação da Educação Superior do MEC.
A análise desses aspectos foi feita com base em metodologia da FGV Projetos. O Estado obteve um outro parecer, supostamente produzido pelo mesmo setor, que coloca a mesma instituição em primeiro lugar. O informante, que conversou com a reportagem sob a condição de anonimato, afirmou que até 9 de julho de 2015, véspera do anúncio da classificação, o Centro de Educação Superior de Guanambi constava do processo aberto internamente pelo MEC como a primeiro colocado, com 23,1 pontos somados em três fases de avaliação, ante 16,6 da Sociedade Padrão de Educação Superior, descrita como segunda colocada.
Contudo, explicou o informante, naquela data o parecer que embasava essa classificação foi substituído pelo que sustentou o resultado divulgado pelo MEC. Oficialmente, acrescentou, só esse documento foi incluído no sistema eletrônico do ministério. A fonte não indicou quem teria sido o responsável pela suposta troca. 
Vencedora conclui sede; perdedora abriu curso com liminarO jornal O Estado de S. Paulo questionou o Ministério da Educação sobre o caso e enviou os dois pareceres divergentes. Em nota, a pasta alegou que Mendonça Filho tomou conhecimento do assunto “apenas com a informação” apresentada pela reportagem, “uma vez que se trata de processo iniciado e concluído no governo Dilma”. “O assunto foi entregue à Consultoria Jurídica do ministério para abertura de sindicância”, informou o MEC, acrescentando que os resultados serão enviados à Controladoria-Geral da União (CGU).
Em Guanambi, a entidade que venceu o processo de seleção está construindo sede própria. Aguarda a conclusão da primeira etapa das obras, prevista para junho deste ano, e o cumprimento de algumas etapas burocráticas, previstas pelo MEC, para fazer seu vestibular e funcionar com o nome Faculdades Integradas Padrão. A concorrente desclassificada conseguiu montar seu curso de Medicina graças a uma liminar obtida na Justiça, mas ainda confia numa reviravolta no processo de seleção do Mais Médicos para conseguir autorização definitiva de funcionamento.
Resposta
A Sociedade Padrão de Educação Superior informou que seu conhecimento e participação no processo seletivo do Mais Médicos se deu pelas formas previstas no edital. “Fomos habilitados de acordo com os documentos apresentados e classificados em razão de nossa melhor proposta para a cidade de Guanambi, com as melhores contrapartidas que podíamos oferecer”, afirmou, em nota, a diretora executiva da entidade, Maria de Fátima Turano.
A instituição alega ter sabido da classificação em primeiro lugar “no momento em que o fato se tornou público” e “desconhece a existência” de pareceres que divergem do resultado. Sustenta também que, durante o processo de seleção, “jamais solicitou” revisão de avaliações feitas pelo MEC. “Jamais tratamos dessa nem de qualquer outra questão similar com nenhum servidor ou autoridade do governo”, informou a diretora. “Como participantes do processo licitatório, temos interesse em conhecer o referido 'parecer' e outros fatos relacionados”, acrescentou.
Também em nota, o diretor para Assuntos Jurídicos da FIPMoc, Élio Soares Ribeiro, afirmou que a habilitação se deu pelos exclusivos esforços da instituição, que tem interesse em demonstrar a “segurança” e “lisura” de seus atos. Ele disse que denúncias contra o resultado do processo têm sido recorrentes e são fonte dos “esperneios” da segunda colocada, por não ter tido êxito na seleção ao apresentar projeto sem “sustentação financeira”.
“A autorização do curso da referida concorrente ainda está se sustentando mediante liminar judicial e quem corre algum risco é a própria concorrente”, acrescentou. A assessoria de Walfrido informou, em nota, que não é “dono”, mas “apenas sócio minoritário” da Sociedade Padrão de Educação Superior e “não participa da administração” da entidade. “Walfrido jamais realizou 'gestões' junto a autoridades governamentais para tratar de temas envolvendo a instituição.”
A FGV Projetos explicou que sua participação na seleção, “eminentemente técnica, cingiu-se ao desenvolvimento de metodologia” que permitisse ao MEC “a análise da capacidade econômica/financeira das proponentes”. 

Fábio Fabrini, do Estadão Conteúdo

Cachorro vítima de estupro em Conquista não resiste e morre



O cãozinho que foi estuprado em Vitória da Conquista, por uma pessoa ainda não identificada,não resistiu aos ferimentos e morreu nesta quarta-feira, 3. A informação foi passada pela protetora de animais Débora Almeida, que repercutiu o crime em sua página pessoal no Facebook.

“É com muita dor que informo que Vitório acabou de virar uma estrelinha, ele não resistiu a tamanha brutalidade que sofreu por um desgraçado cruel. Agradeço de coração a todos que ajudaram que oraram por ele e principalmente a Clinica Veterinária Globo Rural que cuidou e fez todo possível até seu último momento de vida”, escreveu a protetora.

Durante todo esse tempo, Vitório, como foi batizado o animalzinho,  passou por todos os cuidados em uma clínica veterinária, que deu todo o suporte gratuito ao animal.

RELEMBRE O CASO


PRF prende em Jequié mulher transportando 30 Kg de maconha para Aracaju

Mostrando miniatura do vídeo entorpecente.mp4

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu ontem (02), por volta das 20h, uma mulher de 23 anos que tentava levar 30 Kg de maconha para Aracaju/SE. Ela foi abordada no KM 677 da BR 116, em Jequié, durante fiscalização de combate ao narcotráfico realizada pela PRF.
Os policiais abordaram um ônibus que fazia a linha Piracicaba/SP X Maceió/AL e encontraram, no compartimento inferior de cargas, uma mala contendo 24 tabletes de maconha. A droga estava envolvida em camadas de plástico e fita adesiva para abafar o cheiro característico.
A passageira responsável pela droga revelou aos policiais que receberia um valor em dinheiro pelo transporte. Disse ainda que embarcou em um avião comercial, no dia 01/05, em Aracaju, com destino a São Paulo/SP, onde receberia a mala de um homem desconhecido.
A mulher, que é natural de Aracaju, foi presa em flagrante por tráfico de drogas e levada para a delegacia de polícia judiciária, onde foi indiciada.

Fonte: Nucom/PRF




SAC tem novo horário de funcionamento em Vitória da Conquista e outros municípios

Resultado de imagem para sac

Desde essa terça-feira (02), doze unidades da Rede SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) tiveram seus horários de funcionamento alterados.  A intenção de aperfeiçoar o atendimento, concentrando esforços e recursos nos horários em que há maior procura pela população. Em Vitória da Conquista, apenas a unidade I, no Centro da cidade, sofrerá a mudança.
De acordo com Secretaria da Administração do Estado (Saeb), o novo expediente contará com carga horária de 06 horas diárias para os postos Alagoinhas, Barreiras, Brumado, Eunápolis, Guanambi, Irecê, Paulo Afonso, Porto Seguro, Senhor do Bonfim, Valença, Feira de Santana I e Vitória da Conquista I. Agora, o expediente nestes postos passa a ser das 7h às 13 horas, de segunda a sexta-feira.

SOZINHA NO MUNDO - Mulher vive em Hospital há 14 anos sem noticias da família

1a1c6c36-8f83-4d97-9287-5d736405a5e4Deu entrada no hospital municipal de Cândido Sales no ano de 2003, uma mulher aparentando ter distúrbios mentais, e foi apelidada carinhosamente de Rafaela. A mesma vive no hospital há 14 anos, e a direção nunca conseguiu entrar em contato com a Família. O que mais chama atenção e que comove a todos, é que Rafaela sempre pergunta se já acharam a mãe dela. A idade de Rafaela é desconhecida, mas aparenta ter de 55 a 60 anos. Vamos ajudar a compartilhar para que possa alcançar algum familiar ou amigo.

Se alguém souber alguma informação, entre em contato com Luciana Porto, do Hospital Municipal de Cândido Sales: (77) 3438-1384


(Colaborou: Léo Santos)

Anac aprova regras para uso de drones e exige habilitação para equipamentos maiores

Resultado de imagem para drones

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou nesta terça-feira (2) o regulamento para o uso de aeronaves remotamente pilotadas, os drones. Entre as novidades está a exigência de habilitação para os pilotos de equipamentos com mais de 25 kg.
Outra novidade é que fica proibido pilotar drones sobre pessoas, a não ser que elas tenham dado autorização para isso. Sem essa autorização, será preciso respeitar uma distância de 30 metros de pessoas, com exceção dos órgãos de segurança pública. Veja mais detalhes do regulamento abaixo.

A licença e a habilitação do piloto também devem ser exigidas quando drones com menos de 25 kg forem voar acima de 400 pés – cerca de 121 metros. Além disso, para qualquer tipo de drone haverá a exigência de que o piloto tenha mais de 18 anos.
Na reunião desta terça, o presidente da Anac, Ricardo Botelho, afirmou que a utilização dos drones em desacordo com a norma implicará em processo administrativo, civil e criminal. O piloto pode responder, por exemplo, a processo por colocar a vida de pessoas em risco ou
A expectativa é que a norma permita uma grande expansão do mercado de aeronaves remotamente pilotadas em usos como pulverização de lavoura e segurança privada e pública.
Para operar drones, já era preciso ter autorização individual da Anac. Segundo a assessoria da agência, já foram emitidas cerca de 400 autorizações, a maioria para órgãos de segurança pública.
Entretanto, a falta do regulamento levava a agência a analisar os pedidos caso a caso e a vetar boa parte deles. Com o regulamento, as regras para uso ficam estabelecidas.
Regulamento da Anac para uso de drones (Foto: Divulgação/Anac)
O regulamento divide as aeronaves em três categorias: veículos com mais de 150 kg; veículos entre 25 e 150 kg; drones com peso abaixo de 25 kg.
As exigências previstas no regulamento para cada uma delas:
  • veículos com mais de 25 kg: registro na Anac
  • veículos com mais de 250 gramas e até 25 kg: cadastrado no site da Anac
  • veículos com peso inferior a 250 gramas: não precisam ter qualquer cadastro

Quem pode pilotar?

No caso de drones para uso não recreativo, o piloto deverá ter mais de 18 anos, independente do peso do equipamento. Para os drones de maior porte, acima de 25 quilos, será exigida uma habilitação especial para o piloto com Certificado Médico Aeronáutico e também registro de voo.
Para drones com menos de 25 quilos e que forem voar abaixo de 120 metros, não é preciso fazer registro de voo.
A emissão de licenças para pilotar drones com mais de 25 quilos ou para voos acima de 120 metros ainda será normatizada. Segundo o gerente de normas da Anac, Rafael Gasparini, o primeiro caso de licença emitida será usado para referência para os próximos.
Gasparini destacou que os interessados em obter a licença devem entrar em contato com a Anac. Para isso, o profissional deve ter que passar por um exame de proficiência e conhecimento.

Autorização para sobrevoar pessoas

O regulamento limita a operação de drones a uma distância de 30 metros de pessoas que não derem autorização, com exceção dos órgãos de segurança pública.
Segundo Gasparini, essa proibição praticamente inviabiliza o uso de drones para fazer entrega de mercadorias nas cidades, já que não poderão sobrevoar pessoas que não tiverem dado autorização para isso.
O uso de drones para fotos em eventos públicos, como passeatas e shows, também fica proibido, a não ser que os equipamentos sejam de órgãos de segurança pública. Em show em locais fechados e em jogos de futebol, por exemplo, Gasparini explicou que o público poderá dar autorização no momento da compra de ingressos.
Quem for flagrado usando drones em desacordo com as normas aprovadas pela Anac pode responder a processo administrativo, civil e penal. O piloto pode até ser preso se for considerado que o uso do equipamento coloca embarcações ou aeronaves em perigo, ou que traz risco direto à vida ou à saúde de outras pessoas.
Para quem quiser operar drones não recreativos, como os aeromodelos, o superintendente de aeronavegabilidade, Roberto Honorato, recomenda que sejam usados equipamentos com menos de 25 quilos e que eles sejam mantidos a menos de 120 metros de altura e a mais de 30 metros de distância das pessoas que não tenham dado autorização.

Cadastro

O regulamento exige registro de todos os drones com peso superior a 250 gramas, mesmo que as aeronaves sejam usadas para recreação. Até 25 quilos, o cadastro do equipamento pode ser feito pela internet, mas apenas se a aeronave não for voar acima de 400 pés, cerca de 120 metros.
Para as aeronaves com mais de 25 quilos, é preciso registro no Sistema Aeronáutico Brasileiro, como ocorre com as aeronaves tripuladas. Os cadastros devem ser atualizados a cada dois anos.

FATALIDADE - PASSAGEIRO DE CAMINHÃO MORRE AO SER ATINGIDO POR PEDRA NA PISTA


Um acidente inusitado na manhã dessa quarta-feira (03) chocou os moradores de Itapetinga. Um passageiro de um CAMINHÃO BAU, de uma empresa conhecida como “MIGUELÃO”, acabou morrendo após ser atingido por uma PEDRA que se encontrava na rodovia. 

A pedra se encontrava em meio a pista, um veículo acabou passando por cima da mesma, que foi lançada para trás, atingindo o passageiro do caminhão que vinha logo atrás.

A vítima, cuja identidade não foi informada,  foi atingida na cabeça, tendo morte imediata.
O Acidente ocorreu na BA 263, nas proximidades do Frigorífico FRIGORÍFICO SUDOESTE em Itapetinga.

ATUALIZADO

Acidente-Fatalidade-chamada

Por volta das 06:30h da manhã desta quarta-feira (03/05), um caminhão baú de cor branca, da Miguelão Transportes e Mudanças / Tambasa Atacadista de Vitória da Vitória da Conquista,  trafegava pela BA-263, em Itapetinga, na altura da ponte de Zé Dias até o Frigosol, quando uma carreta que trafegava no sentido contrário teria passado por cima de uma pedra que foi arremessada no para-brisa e acabou atingindo o passageiro que morreu no local.

O SAMU foi acionado, mas a vítima não tinha sinais vitais. A vítima é natural de Itambé e trabalhava como chapa, tinha 48 anos e foi identificada como Aliomar Mendes da Silva. O motorista do caminhão baú está em estado de choque e foi socorrido no local, o qual será ouvido pela Polícia Civil sobre o ocorrido.

O DPT foi acionado para proceder perícia de local e remoção do corpo do passageiro que foi encaminhado ao IML de Itapetinga para necropsia.

A polícia ainda não tem dados do outro caminhão envolvido no acidente.


Fonte:  Itapetinga na Midia


Texto inicial e fotos: Itapetinga Agora/Tiago Bottino

DESTAQUE

VÍDEO - Polícia de SP prende motorista que transportaria drogas para Vitória da Conquista.

Jussara Novaes (Com informações do SP no AR/Record) - O motorista Clodoaldo Dias, d idade não informada, foi preso em flagrante quando ...

AS 5 + LIDAS